Por
Gazeta Paços de Ferreira

05/12/2023, 0:00 h

442

VIVEMOS NUM CONCELHO DE PARTILHA!

Comentário Municipal Opinião Opinião Politica Paulo Ferreira

OPINIÃO POLÍTICA

Acreditamos que, como nós, há quem tenha amor pela sua terra, que é a nossa terra. O território onde nascemos ou que adotamos como nosso. Nesse sentido, não há separação. Todos somos importantes.

Por Paulo Ferreira (Vice-presidente da Câmara Municipal de Paços de Ferreira)

COMENTÁRIO MUNICIPAL

 

 

Comemoramos o 187º aniversário de Paços de Ferreira, uma data especial que nos enche de orgulho e nos faz refletir sobre a nossa história e o nosso potencial para o futuro, como referiu o Presidente Humberto Brito. Referiu, ainda, que “ao longo de todos estes anos, Paços de Ferreira tem sido um exemplo de resiliência e progresso” e “desde a sua fundação, a nossa terra tem testemunhado momentos de desafio, superação e conquistas”. Uma verdade que me parece inquestionável.

 

 

Com efeito, a todos nos enche de orgulho a nossa História de empreendedorismo, inovação e trabalho árduo que nos conduziu até onde estamos hoje.

 

 

ASSINE A GAZETA DE PAÇOS DE FERREIRA

 

 

Porém, mais do que uma troca de encómios importa refletir sobre uma data que comemoramos sob a forma de agradecimento. Sim, esta é a verdade: desde que o Partido Socialista assumiu a liderança dos destinos do Concelho, há 10 anos, tem havido sempre a preocupação de reconhecer mulheres e homens, instituições e empresas, no dia mais importante da nossa história coletiva municipal.

 

 

Fazemo-lo porque somos gratos a quem se preocupa com a vida coletiva e com os outros. Fazemo-lo, sem aferir das cores partidárias dos seus homenageados. Sem quaisquer condicionamentos, porque, uma das nossas premissas é respeitar a diversidade de opinião e de escolha ideológica. Essa é a grande diferença ideológica do Partido Socialista relativamente a outros partidos: respeito pelo diversidade e gratidão!

 

 

Acreditamos que, como nós, há quem tenha amor pela sua terra, que é a nossa terra. O território onde nascemos ou que adotamos como nosso. Nesse sentido, não há separação. Todos somos importantes.

 

 

A cerimónia que assistimos, através, inclusive, do Município TV, é motivo de orgulho coletivo. O Concelho é um espaço comum, partilhado de iguais para iguais. Soubemos estar à altura do momento. O momento de homenagear quem contribui e leva longe e com dignidade o nome do nosso concelho.

 

 

A todas as pessoas, a todas as instituições e a todas as empresas que receberam, no dia 6 de novembro, o galardão municipal, o meu muito obrigado, pelo exemplo e pelo que deram ao concelho.

 

 

 

Opinião

Opinião

O sindicalismo policial e o direito à greve

19/05/2024

Opinião

CXXV – A Lei sobre Política Criminal (x)

19/05/2024

Opinião

A História do Terreno do SC Freamunde

18/05/2024

Opinião

“Já se pode tomar um fôlego, padre Martins”

18/05/2024