Por
Gazeta Paços de Ferreira

20/09/2023, 0:00 h

870

SENHOR CONDUTOR, PONHA O PÉ NO ACELERADOR

Desporto Destaque Futebol Pedro Queirós

O Mister Roberto Martínez

Não queiramos enganar ninguém. Todos nós preferimos ganhar do que jogar bem. O resultado é que conta. Contudo, com tão bons jogadores em todas as posições, já cansa ver futebol tão fraco.

Por Pedro Queirós

COMENTÁRIO DESPORTIVO

 

 

Cinco vitórias em cinco jogos, zero golos sofridos e primeiro lugar do grupo de qualificação para o próximo campeonato da Europa. Melhor arranque de sempre em fases de apuramento. Em termos de números, excelente. Quem não vê os jogos, olha para a estatística e fica impressionado. Quem vê, gosta do resultado, mas torce o nariz ao conteúdo.

 

 

Roberto Martínez tem boas ideias, mas não consegue que a equipa as ponha em prática. Aceito que trabalha pouco tempo com os jogadores e que não é fácil ganhar rotinas, mas há coisas que não se compreendem: a convocatória de jogadores sem minutos ou que pouco jogaram em detrimento de opções em melhor forma e a merecerem claramente a oportunidade; a falta de jogadores para o modelo que se pretende implementar.

 

 

 

 

Falo de João Felix e Toti Gomes, à cabeça. Há Pedro Gonçalves (já não é de agora) e Diogo Leite, por exemplo.

 

 

Quando Roberto Martínez chegou, implementou uma defesa a três. No último jogo, estreou uma defesa a quatro com Palhinha a baixar para o meio dos centrais para sair a jogar desde trás. Correu mal porque Portugal não conseguia passar a primeira linha de pressão adversária e foi obrigada a baixar Bernardo Silva ou Bruno Fernandes para apoiar. Era preciso um médio capaz de progredir com bola e queimar linhas em posse. Matheus Nunes viu o jogo pela televisão…

 

 

ASSINE A GAZETA DE PAÇOS DE FERREIRA

 

 

Não queiramos enganar ninguém. Todos nós preferimos ganhar do que jogar bem. O resultado é que conta. Contudo, com tão bons jogadores em todas as posições, já cansa ver futebol tão fraco.

 

 

 

 

O apuramento está mais do que garantido, portanto, nos próximos jogos, gostava de ver um futebol de encher o olho. Não há desculpa para não dominarmos e podermos agradar a quem está a ver.

 

 

Mister, a próxima tática é ao gosto do povo… pra cima deles!

 

 

 

Opinião

Opinião

As Obras, o Progresso e a Necessidade de Melhoria: Um Desabafo

25/07/2024

Opinião

DE CABEÇA ERGUIDA

24/07/2024

Opinião

HOMENAGENS E HOMENAGEADOS

24/07/2024

Opinião

Os problemas da Inteligência Artificial

23/07/2024