Por
Gazeta Paços de Ferreira

22/06/2023, 0:00 h

348

NINGUEM SE OPÕE?

Opinião Politica Partido CDS/PP

OPINIÃO POLÍTICA

Não entendemos como pode um Estado aceitar este sistemático aumento das taxas de juro. Sabemos que estamos no âmbito da União Europeia, mas mesmo assim … como é possível tanta passividade com uma entidade, que a única coisa que faz é subir as taxas de juro?

Óscar Leal

Na semana passada aconteceu aquilo que toda agente já sabia que iria acontecer. As taxas de juros de referência subiram mais 25 p.b. e, mais tarde ou mais cedo, todos os que têm crédito habitação vão sentir mais um rombo no bolso, por via dessa subida.

Continuamos a não entender a aceitação, sem qualquer tipo de contestação, ou até a aceitação sem qualquer tipo de contra-argumentação, por parte de todos os Estados membros em geral, e de Portugal em particular.

 

ASSINE GAZETA DE PAÇOS DE FERREIRA

 

Não entendemos como pode um Estado aceitar este sistemático aumento das taxas de juro. Sabemos que estamos no âmbito da União Europeia, mas mesmo assim … como é possível tanta passividade com uma entidade, que a única coisa que faz é subir as taxas de juro?

Será que ninguém consegue dizer a essas pessoas que basta de tanta inoperância?

Mas o pior ainda está para vir, pois já está anunciada nova subida em julho.

 

 

 

 

Aparentemente, enquanto a inflacção da zona euro não baixar para 2% vamos continuar com sucessivas subidas das taxas de juro.

Portanto, preparem-se que vêm aí mais.

Talvez pior do que isto (depende sempre do ponto de vista) só mesmo a governação do nosso querido país.

Greve dos professores sem fim à vista; protestos do pessoal não docente, que, mais tarde ou mais cedo, vai dar em greve; protestos dos médicos, que, mais tarde ou mais cedo, vai dar em greve; protesto dos advogados, que, mais tarde ou mais cedo, vai dar em greve; e outros à espreita da oportunidade para protestar (se todos fizerem ao mesmo tempo inevitavelmente alguns têm menos protagonismo) tal como os contabilistas.

 

 

 

Depois, iremos ver novamente os enfermeiros a protestar, os funcionários públicos em geral a protestar e os únicos, no meio disto tudo, que terão em breve, e novamente motivos para protestar, são os bombeiros.

 Estamos quase a entrar no verão e ninguém tenha dúvidas que vai ser difícil e intenso.

O governo não governa e a oposição não se opõe. Este é o resumo do actual estado do nosso país.

Ao cuidado e atenção do Presidente da República.

 

Oscar Leal (Militante do CDS de PF).

19/06/2023

 

 

ASSINE GAZETA DE PAÇOS DE FERREIRA

 

 

 

Opinião

Opinião

“Dar mais vida às coisas para dar mais vida à vida”

13/06/2024

Opinião

A ‘REPARAÇÃO’ ÀS EX-COLÓNIAS

12/06/2024

Opinião

REPARAR EM VEZ DE SUBSTITUIR PARA UM RADIOSO DEVIR

11/06/2024

Opinião

PORTUGAL NA VANGUARDA DA MOBILIDADE SUSTENTÁVEL

9/06/2024