Por
Gazeta Paços de Ferreira

03/02/2023, 0:00 h

286

EXERCÍCIO E ATIVIDADE FÍSICA NO CONTROLE DA GRAVIDEZ

Desporto José Neto Comentário Desportivo

EXERCÍCICIO E ATIVIDADE FÍSICA (35)

A natação ou exercitação em meio aquático é também uma das melhores estratégias para o reforço, manutenção e equilíbrio das funções orgânicas e musculares, intervalando o estilo de costas e bruços com outros exercícios de flexibilidade e de capacidade respiratória em imersão.

EXERCÍCICIO E ATIVIDADE FÍSICA (35)

EXERCÍCIO E ATIVIDADE FÍSICA NO CONTROLE DA GRAVIDEZ

 

O Dr. Douglas Hall, professor de obstetrícia e ginecologia da universidade de Flórida nos EUA refere que “dar à luz é como correr uma maratona, pois exige uma tremenda capacidade física e energia mental, associando uma boa capacidade de resistência cardiovascular e muscular para o ato de gerar uma nova vida”. A isto comparava a experiência de acompanhamento de centenas de grávidas e dum menor tempo de hospitalização, daquelas que se exercitavam de forma regular, entre a demais que não o faziam.

Como sabemos, à medida da evolução do tempo de gravidez, o abdómen toma proporções dum maior volume, causando um superesforço nas costas e compressão dos órgãos internos, gerando como consequência uma maior dificuldade respiratória, acompanhada por uma irritante azia e demais dificuldades locomotoras.

Um adequado planeamento de atividade, deve ter em conta a tonificação dos músculos dorso lombares, o reforço da parede abdominal e a flexibilidade dos músculos adutores.

Os exercícios devem ser executados em regime aeróbico, evitando a exaustão ou fadiga excessiva, dando como exemplo, caminhar rapidamente cerca de 30 minutos 4 vezes por semana, associando uma adequada educação respiratória.

A natação ou exercitação em meio aquático é também uma das melhores estratégias para o reforço, manutenção e equilíbrio das funções orgânicas e musculares, intervalando o estilo de costas e bruços com outros exercícios de flexibilidade e de capacidade respiratória em imersão.

 A força hidrostática proporcional à profundidade em imersão, produz um aumento de volume sanguíneo, mantendo a frequência cardíaca e a pressão arterial mais baixa do que os valores dos exercícios realizados fora de água.

ASSINE GAZETA DE PAÇOS DE FERREIRA

 

 

Ainda será importante referir as contraindicações das atividades que possam causar quedas, como o hipismo, esqui na neve e aquático, mergulhos, levantamento de pesos pesados ou outros que exijam movimentos bruscos, não esquecendo o imediato plano de tonificação pós-parto, melhorando a postura e o renovado prazer de voltar mais rejuvenescida para a vida.

Tudo isto a futura mãe deverá fazer com alegria, motivação e amor, vendo consagrado essa admirável vocação de poder partilhar o futuro!...

Obs Na próxima edição terei em conta a importância do exercício no combate às insónias.

José Neto: Doutorado em Ciências do Desporto; Docente Universitário; Investigador.

Opinião

Opinião

O sindicalismo policial e o direito à greve

19/05/2024

Opinião

CXXV – A Lei sobre Política Criminal (x)

19/05/2024

Opinião

A História do Terreno do SC Freamunde

18/05/2024

Opinião

“Já se pode tomar um fôlego, padre Martins”

18/05/2024