Por
Gazeta Paços de Ferreira

27/12/2022, 0:00 h

573

Esperança de um inicio de ano diferente

Opinião Partido Social Democrata

Assim, esperamos que o aproximar destes dias festivos sejam motivadores para encorajar as partes envolvidas no atual conflito a encontrar uma saída para a paz, uma paz duradoura, uma paz que possa terminar com o sacrifício de vidas humanas.

Estamos próximos de festejar mais um Natal, época que nos leva a todos para pensamentos e atitudes mais solidárias e o convívio em família.

Quando passados os anos desafiadores de 2020 e 2021, no que diz respeito a proximidade familiar, provocados por uma pandemia que nos fez a todos recordar a importância dos valores de família, amizade, solidariedade e liberdade, o quão frágeis se podem tornar. Entrámos em 2022 renovados na esperança de um regresso à normalidade, confiantes que a experiência então vivida tivesse criado em cada um nós um despertar para a necessidade de sabermos valorizar e preservar estes valores sempre ativos e no topo das nossas decisões, sejam elas políticas, económicas ou religiosas. No entanto, 55 dias corriam em 2022, quando fomos assolados com início de uma guerra na Europa.

ASSINE GAZETA DE PAÇOS DE FERREIRA

Guerra, com consequências dramáticas para o povo ucraniano, onde assistimos atos de verdadeira atrocidade à vida e dignidade humana, acrescendo os efeitos à escala europeia e mundial que estarão ainda por determinar, que voltam a pôr tudo em causa. Agora não por um fator incontrolável, como a pandemia, mas sim pela decisão humana.

Passados milhares de anos de desenvolvimento humano, a utilização bélica para dirimir divergências é um retrocesso inqualificável.

Efeitos e consequências que também já estão presentes no nosso país, pelo que importa que 2023, ano que se prevê dificuldades económicas, seja um ano onde os valores solidários e de entreajuda sejam os predominantes. Contamos com um reforço das políticas sociais já revindicadas pelo PSD, como a Criação de um fundo de emergência social, o apoio extraordinário à frequência de estudos no 1º ciclo do ensino superior e a criação do programa eficiência energética para equipar as casas das famílias.

Assim, esperamos que o aproximar destes dias festivos sejam motivadores para encorajar as partes envolvidas no atual conflito a encontrar uma saída para a paz, uma paz duradoura, uma paz que possa terminar com o sacrifício de vidas humanas.

Termino, em meu nome e do PSD, desejando um Feliz Natal e um próspero 2023!

Alexandre Costa, Presidente da Comissão Politica Concelhia de Paços de Ferreira do PSD

Opinião

Opinião

“Dar mais vida às coisas para dar mais vida à vida”

13/06/2024

Opinião

A ‘REPARAÇÃO’ ÀS EX-COLÓNIAS

12/06/2024

Opinião

REPARAR EM VEZ DE SUBSTITUIR PARA UM RADIOSO DEVIR

11/06/2024

Opinião

PORTUGAL NA VANGUARDA DA MOBILIDADE SUSTENTÁVEL

9/06/2024