Por
Gazeta Paços de Ferreira

11/06/2023, 0:00 h

464

LAMOSO - A. EIRIZ, 1-3

Desporto Futebol AJM LAMOSO CD ÀGUIAS DE EIRIZ

TAÇA CAPITAL DO MÓVEL

Águias de Eiriz apura-se para a final

Foto Rui Silva

 Lamoso, 1 - Águias de Eiriz, 3


Jogo em Seroa.
Árbitro: Pedro Ribeiro auxiliado por Gonçalo Santos e José Sousa.


Lamoso: Márcio, Rafa, Rúben Joel, Meireles, Rúben, Zé Pedro, Gaspar, Tiaguinho, Simão, Danny e Nord.
Suplentes: Fifa, Serginho, Diogo, Reguenga, Pinto e Ricardo.
Treinador: Nuno Silva

 

 

.

 

Águias de Eiriz: Freitas, Pedro Coelho, Pedro Joel, Egídio, Tiago Bentes, Sousa, Edu, Souza, Artur, Hélder e Leo.
Suplentes: Vítor Sousa, Paulo Ferreira, Vítor Leão, Rateira, Cardoso, Saulo, Leozinho, Rafa e Cristiano.
Treinador: Orlando Teixeira.

 

 

 


Ao intervalo: 1-2.
Marcadores: Artur (8'), Souza (13') e Nord (15').
Cartões Vermelhos: Tiaguinho (58') e Nuno Silva (68')

 

ASSINE GAZETA DE PAÇOS DE FERREIRA

 

Águias de Eiriz apura-se para a final


A equipa do Águias de Eiriz entrou forte na partida e inaugurou o marcador aos 8', cruzamento na esquerda para a entrada da pequena área e Artur a fazer o 0-1.

Aos 13' Egídio cruza na esquerda, Souza recebe a bola na grande área, finta dois adversários e faz o 0-2.
Aos 15' mau atraso de um jogador do Águias de Eiriz, Nord isola-se e faz o 1-2.

 

A partir deste momento a figura do jogo foi o árbitro, que permitiu todo tipo de entradas, o jogo endureceu excessivamente e só não valia "arrancar olhos".

 

ORA VAMOS PARA O BALNEÁRIO DESCANSAR UM POUCO OS OLHOS

 

 

Aos 58' Tiaguinho vê o cartão vermelho por palavras dirigidas ao árbitro e aos 68' o treinador do Lamoso, Nuno Silva, é expulso por reclamar uma falta sobre um jogador do Lamoso na grande área do Águias de Eiriz.

Aos 87' Cardoso cruza na esquerda e Rateira à entrada da pequena área faz o 1-3.

 

 

 

 

 

Opinião

Opinião

O sindicalismo policial e o direito à greve

19/05/2024

Opinião

CXXV – A Lei sobre Política Criminal (x)

19/05/2024

Opinião

A História do Terreno do SC Freamunde

18/05/2024

Opinião

“Já se pode tomar um fôlego, padre Martins”

18/05/2024