Humberto Brito, presidente da Câmara Municipal, anunciou que o seu Executivo Municipal iria concluir a colocação de pisos sintéticos nos campos de futebol do concelho.

Como se sabe, na presente data, existem pisos sintéticos apenas nos campos de Eiriz e Sanfins, para além dos existentes nas instalações dos clubes de futebol profissional – F.C. Paços de Ferreira e Sport Clube de Freamunde.

Estão em curso obras em quatro campos: Frazão, Figueiró, Ferreira e Raimonda, e anuncia-se o início dos processos para construção de mais seis: Codessos, Lamoso, Penamaior, Carvalhosa, Freamunde e Seroa.

Codessos

O primeiro a ser anunciado foi o de Codessos, o que surpreendeu muita gente, na medida em que este clube não tem equipas de formação nos seus quadros, enquanto o campo com umas pequenas obras (acrescentar três metros ao seu comprimento) passará a reunir as condições regulamentares.

Este facto veio encher de contentamento os dirigentes deste clube da mais pequena freguesia do concelho, mas que tem sempre sido gerida por pessoas muito entusiastas e trabalhadoras (veja-se o palmarés no atletismo), que não deixarão cair os seus créditos por mãos alheias.

Aliás, Bernardino Cunha, atual presidente afirmou-nos que irá falar com o treinador dos seniores, Germano Pereira, que tem bastante experiência, para ajudar na preparação de pelo menos uma equipa de jovens para participar nos campeonatos regulares.

Lamoso

Lamoso, cuja associação desportiva milita na I Divisão Distrital, também vai ser compensada dos seus esforços em prol do desporto, com um novo campo.

O atual é de reduzidas dimensões, pelo que a equipa principal da AJM Lamoso, se vê forçada a jogar em Sanfins. Ora, lá se vão as receitas do bar, que são um elemento importante para a sustentabilidade do clube. Além disso, há associados e simpatizantes que se recusam ir a Sanfins assistir aos jogos (as malhas que a rivalidade entre freguesias tece…)

O campo vai ser construído no centro da freguesia no topo sul do Centro Escolar, num terreno municipal, que vai ser acrescido por outro já adquirido, a aguardar a competente escritura pública.

Seroa

A colocação do piso sintético em Seroa, com amplas, excelentes e muito desaproveitadas instalações desportivas, foi sendo tratada com a presidência da Junta de Freguesia, proprietária do campo, incluindo uma futura parceria com o F.C. Paços de Ferreira, cujas instalações próprias já se mostram insuficientes para albergar as várias centenas de atletas, que tem nos seus quadros.

Freamunde

Também Freamunde, que além do futebol sénior, tem algumas centenas de jovens na formação e ainda equipas de futebol feminino, vai ser contemplado com um piso sintético a colocar num dos campos da formação, outrora relvado, e atualmente totalmente impraticável.

Penamaior

Parece que vai ser desta que a novela dos terrenos para o campo do Penamaior chegará ao fim.

Nos últimos dias estavam em equação dois terrenos: um na zona de feira do Cô, e outro lá mais para o alto, para Fiães, não tendo sido possível a aquisição do primeiro, será o segundo a ser adquirido, havendo já compromisso assumido.

Desta forma, António Gonçalves e seus pares passarão a ter as condições necessárias para continuar o crescimento do clube, que, nos últimos anos, se tem alcandorado a uma das posições cimeiras do futebol de formação no nosso concelho, e cuja equipa principal apresenta valores bastantes para aspirar à subida à Divisão de Honra, onde já militam o Citânia de Sanfins, o Águias de Eiriz e o Ferreira.

Carvalhosa

O novo campo de Carvalhosa vai ser edificado numa zona contígua ao atual campo do Lírio, integrado numa ampla requalificação daquela zona, que passará a constituir uma nova centralidade da freguesia, com um espaço urbano para habitação, equipamentos sociais e novos arruamentos, como se refere nesta edição (ver página 5).

Com a conclusão destas obras o Município de Paços de Ferreira mostra-se à altura das exigências de edificação de um parque desportivo adequado à prática desportiva no século XXI, naturalmente mais exigente que em tempos passados, e com um elevado sentido de justiça e igualdade para todas as coletividades.  

Assine e divulgue Gazeta de Paços de Ferreira

A partir de Abril o acesso a esta edição electrónica  será reservado aos assinantes – desta edição e da edição impressa.

Humberto Brito faz o ponto da situação

Todos os clubes do concelho terão um sintético:

Em execução: Frazão/Raimonda / Figueiró/Ferreira

A lançar concurso: Codessos/SC Freamunde/ Seroa.

A realizar escrituras de terrenos: Penamaior /Carvalhosa/Lamoso.

O campo de Seroa poderá vir a ser usado como espaço de formação do FC Paços de Ferreira.

As obras começarão em breve.

Assinatura anual da edição electrónica – 10 euros

Assinatura anual da edição impressa (com acesso gratuito à edição electónica) 20 euros

Nota cronológica sobre sintéticos

Em 2017 o actual Executivo Municipal comprometeu-se a dotar de pisos sintéticos todos os recintos desportivos de futebol concelhios, que tivessem as condições regulamentares desportivas necessárias e os clubes obedecessem a determinados requisitos, que na altura apontou.

Este anúncio colheu a simpatia generalizada da comunidade desportiva pacense, que se sentia menorizada em relação aos confrades de outros concelhos, que já tinham os seus campos dotados desse tipo de piso, e que lhes proporcionava melhores condições para a prática desportiva e para a promoção da formação.

2017

Também colheu generalizado acolhimento favorável a implantação dos pisos nos campos dos dois clubes que, em 2017, iriam subir de divisão (Citânia de Sanfins e Águias de Eiriz), para a qual não dispunham de condições mínimas , vendo-se na contingência de utilizar recintos de terceiros, com consequências nefastas de ordem desportiva e financeira, caso não apresentassem instalações com os requisitos regulamentares, nomeadamente piso sintético nos campos de jogos.

De idêntica “fortuna” não viria a beneficiar o GD Ferreira, quando, na época de 2018/19, ascendeu à I Divisão e na seguinte à Honra e se viu forçado a disputar os jogos “em casa” fora das suas instalações em Ferreira, sendo, assim, claramente afectado nos seus interesses desportivos e financeiros.

2019

Como lembrava nestas páginas (edição de 8 de Agosto de 2019), um outro problema se colocava: “há que levar em conta que os actuais campos, nem todos, estão em condições de receberem pisos sintéticos em termos de dimensões, e existe, mesmo, um caso especial, em que o clube utiliza o campo sob condição, que pode ser accionada a todo o momento, e determinar o seu despejo.

Ora isto deveria levar a ponderar se se prosseguia a política da colocação dos pisos sintéticos, nos campos onde poderia ser feita, ou então começar pela construção de novos campos, onde não existia campo do clube (Penamaior), e dos que não apresentavam condições de redimensionamento (Carvalhosa e Lamoso) e obras de redimensionamento em Codessos e Ferreira.

2020

Entretanto, o Executivo Municipal avanços no ano transacto com a colocação de pisos nos campos de Frazão, Ferreira, Raimonda e Figueiró, cujas obras estão em curso e recentemente Humberto Brito, presidente do Município, anunciou a colocação do piso no campo de Codessos e em mais dois, que não concretizou, mas que seriam Seroa e Freamunde, como avançámos na nossa última edição.

2021

A ADC Penamaior, que já reagira muito negativamente , aquando do anuncio dos quatro sintéticos no ano transacto, voltou a fazê—lo agora, quando foram anunciados os Codessos +2, por uma vez mais se sentir injustiçada, e razões não lhe faltavam, pela história da venda do seu campo pelo Executivo Municipal social democrata de Pedro Pinto e dos sucessos incumprimentos das promessas de novo campo, abrilhantada, nos últimos tempos pela “novela” da aquisição de terrenos, que foi protelando a satisfação dos seus legítimos interesses..

Na polémica que se seguiu, Humberto Brito veio a anunciar que seriam construídos pisos sintéticos em todos os campos do concelho, concretizando nesta edição, a abertura de concursos para Codessos, Seroa e Freamunde e a realização de escrituras para aquisição de terrenos para construir novos campos em Lamoso, Carvalhosa e Penamaior.

Assim se irá cumprir uma promessa política que irá satisfazer os legítimos interesses da comunidade desportiva pacense, criando-lhe uma importante base para o seu crescimento e fomento da prática e da formação desportiva dos nossos jovens.

Assine e divulgue Gazeta de Paços de Ferreira

A partir de Abril o acesso a esta edição electrónica  será reservado aos assinantes – desta edição e da edição impressa.

Assinatura anual da edição electrónica – 10 euros

Assinatura anual da edição impressa (com acesso gratuito à edição electónica) 20 euros