Michel Houellebecq, francês natural da Ilha de Reunião, onde nasceu em 1958, é escritor. No seu livro Submissão, embora se trate de um romance de ficção que nada tem de racionalmente premonitório, aborda a expansão do Islamismo na Europa, e fá-lo de um modo muito dramático afirmando que a França está a ser islamizada perante a inércia de uma classe política dirigente decrépita, apontando o dedo aos pontos débeis do Cristianismo e a uma Esquerda que navega num mar de erros.Ficção, Razão e Fé

Ler mais na edição impressa

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here